PAPO COM IDOSOS: Dona "Dodocha" relembra o tempo em que foi lavradora na zona rural de Elesbão Veloso.

Por: José Loiola Neto, do Elesbão News

Aposentada Francisca Maria da Silva a "Dodocha", moradora da Rua Euclides Soares, Centro de Elesbão Veloso foi nossa entrevistada no "Papo com Idosos", quadro do Painel Popular/FM Eldorado Edição 667 de domingo(16/4).

Uma das filhas do casal Pedro Batista dos Anjos e Maria Francisca da Silva, nascida na zona rural de Valença do Piauí, aos 83 anos, viúva desde 2008, quando o esposo "João da Dodocha", ex-vigilante da Escola José Martins faleceu, ela conta que a vida solitária é triste. A perda do esposo, segundo ela, um grande companheiro, não foi superada.



- A gente só passa porque é preciso continuar vivendo.


Convivendo com problemas alérgicos, dona Dodocha disse que, por conta do tratamento é preciso todos os meses ir à Teresina. Segundo ela, de acordo com o alergista, as idas ao consultório levará cinco anos ou mais.

Aposentada conta que já esteve em São Paulo por pelo menos quatro vezes, na casa do único filho que tem, mas não tem vontade alguma de morar na pauliceia. Recentemente dona Dodocha fez um transplante de olhos.

- Estou enxergando super-bem; meu problema é apenas alérgico, o resto estou bem.

Durante a mocidade, trabalhou na roça com os pais, executando tarefas como plantar, semear e colher. Os estudos foram pouco.
Postagem anterior
Próxima postagem
Notícias Relacionadas

0 comentários: