DE OLHO NA LÍNGUA: Dicas de português com o professor Antonio da Costa, de Sobral-CE. Material de domingo, 02 de abril 2017



O AMIGO DE QUE MAIS GOSTO
O verbo gostar exige a preposição “de”. Havendo pronome relativo antes da palavra que rege preposição, esta se desloca para antes do pronome relativo. Ex.: O amigo de que mais gosto é Pedro (quem gosta, gosta de); O filme a que assisti me agradou muito (quem assiste, assiste a); A pessoa em quem confiava me abandonou (quem confia, confia em); A colega por quem tenho simpatia chama-se Mary (quem tem simpatia, tem simpatia por);

“NUNCA VOU À FESTAS” OU “NUNCA VOU A FESTAS”?
A segunda frase é a correta: Nunca vou a festas. Não se deve utilizar o acento indicativo da crase quando um “a” está no singular diante de uma palavra no plural, pois, nesse caso, não está ocorrendo o artigo definido. Já em “Nunca vou às festas que me convidam”, ocorre o acento indicativo da crase, pois, diante da palavra festas aparece o artigo definido “as”.

ANTES DE NOMES DE HORAS SE USA OU NÃO ARTIGO OBRIGATORIAMENTE?
Usa-se: Estarei em casa entre as nove e as 10 horas (e não: entre nove e dez horas); Esperei-a desde o meio-dia até a uma hora (e não: desde meio-dia até uma hora); Só começarei o serviço a partir das sete horas (e não: a partir de sete horas); Das quatro às 6 horas não fiz nada (e não: de quatro a seis horas),
 
AFINAL, O TELEJORNAL COMEÇA “ÀS” CINCO PARA AS OITO OU “AOS” CINCO PARA AS OITO?
O telejornal começa, naturalmente, aos cinco para as oito, ou seja, aos cinco minutos paras as oito. Se a palavra é “minuto’’, que está subentendida, como podemos aceitar, então, “às” cinco para as oito? O que muita gente está precisando é de uma boa Gramática, para não espalhar asneiras por todos os lados.
 
E A PALAVRA CASA? ANTES DELA SE USA ARTIGO?
Quando a palavra “casa” é usada sem modificador, ou seja, como sinônimo de lar, residência rejeita. Todos dizemos e escrevemos: Estou em casa; Passe lá por casa. Também a palavra “terra” (chão firme) e palácio (sede do governo) rejeitam artigo. Exs.: Já estamos em terra, depois de vinte dias no mar; O presidente não está em palácio.

Usada com modificadores, no entanto, todos três exigem artigo. Veja: Estou na casa da vizinha; Já estamos na terra dos nossos antepassados; O presidente não estava no Palácio do Planalto.
 
ANTES DE PRONOME DE TRATAMENTO SE USA ARTIGO
Não. Os pronomes você, vossa senhoria, vossa excelência, etc. não se usam com artigo. As exceções são: o senhor e as variações: senhora, senhores e senhoras. As palavras dom e dona também rejeitam artigo. Exs.: Dom Pedro, Dona Maria.

MORO EM MATO GROSSO OU NO MATO GROSSO?
Você mora em Mato Grosso, e não no Mato Grosso do Sul. Vou a Mato Grosso e depois ao Mato Grosso do Sul. Gosto de Mato Grosso e também do Mato Grosso do Sul.

(*) Professor Antônio da Costa é graduado em Letras Plenas, com Especialização em Língua Portuguesa e Literatura, na Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). É, também, servidor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Sobral. Contatos: (088) 9762-2542.
Postagem anterior
Próxima postagem
Notícias Relacionadas

0 comentários: