REVISTAS SEMANAIS: Veja os destaques de capa das revistas deste domingo, 26 de março 2017

ÉPOCA
Capa: Passou do ponto
Quem paga a conta da carne fraca

A corrupção de agentes públicos desencadeou uma crise de confiança na carne brasileira. O prejuízo econômico é imediato, mas pode ser revertido. E MAIS...

Janot pede que investigação sobre Lula e Dilma siga no Supremo
Procurador contraria parecer da Polícia Federal, que queria ex-presidentes investigados na primeira instância por obstrução da Lava Jato

Julgamento de Dilma e Temer no TSE deverá ocorrer após saída de dois ministros
Os mandatos de Henrique Neves e Luciana Lóssio vão expirar até maio


VEJA
Capa: A implosão da carne
A carne nem é fraca, mas o estrago é forte

Brasil demorou mais de uma década para conquistar os mercados mais exigentes e agora corre o risco de sofrer prejuízos bilionários com embargo estrangeiro
Operação Mela-Jato
Os vazamentos e alguns excessos de procuradores e policiais estão servindo de pretexto mais um avanço contra a Operação Lava-Jato

CARTA CAPITAL
Em discurso, Janot ataca “decrepitude moral” de Gilmar Mendes; leia a íntegra

Em resposta a ministro do STF, PGR afirma que Mendes usa o cargo para se proteger e perdeu o referencial de “decência e retidão”

Previdência: Temer recua para minar resistência no Congresso
Na primeira grande alteração do projeto, governo livra servidores públicos municipais e estaduais das mudanças na aposentadoria

ISTOÉ
A politicagem que prejudica a carne brasileira
Uma operação policial desastrosa, recheada de policiais mais preocupados com os holofotes do que com o cuidado na disseminação de informações, tem como combustível as disputas internas na PF e o loteamento de cargos do Ministério da Agricultura nos estados, entregues aos partidos políticos

Dilma e Lula sempre souberam de tudo
Depoimento de Marcelo Odebrecht ao TSE arrasta Dilma e Lula para a cena do crime ao mostrar que os ex-presidentes petistas não só tinham conhecimento, como participaram ativamente do esquema ilegal de caixa dois e propinas que alimentou as campanhas de 2010 e 2014
Postagem anterior
Próxima postagem
Notícias Relacionadas

0 comentários: