Loteria Federal concurso 5139 - Resultado - 24-12-2016

Loteria Federal concurso 5139 - Resultado - 24-12-2016

Faixa      Bilhete        Valor do Prêmio R$
1º             60.856      2.700.000,00
2º            11.738        50.000,00
3º            54.597       44.000,00
4º            61.154        38.000,00
5º            81.767        36.010,00

OS BILHETES GANHADORES DO 1º PRÊMIO, SÉRIE A e B, FORAM DISTRIBUÍDOS PARA INAJÁ/PR E NOVA GUATAPORANGA/SP.

Resultado completo da Loteria Federal 5139, o sorteio ocorre na noite desta sábado, 24 de dezembro de 2016 no Caminhão da Sorteio da Caixa que encontra-se na cidade de Ji-Paraná no estado do Rondônia.
Quina concurso 4267 - Resultado - 24-12-2016

Quina concurso 4267 - Resultado - 24-12-2016

Quina 4266                Quina 4268
QUINA 4267
15 - 20 - 31 - 33 - 39
CONCURSO 4267 ATA 24/12/2016
Faixa                Ganhadores        Prêmio (R$)
Quina            0                    0,00               
Quadra          61                  5.980,46         
Terno            5.571             98,47              
Duque          123.238          2,44                
                ACUMULOU!
Arrecadação total: R$ 6.327.483,00
Prêmio estimado R$ 3.600.000,00 - para ser sorteado na próxima Segunda-feira 26/12/2016.

Resultado completo da Quina concurso 4267, o sorteio ocorre na noite deste sábado, 24 de dezembro de 2016 no Caminhão da Sorteio da Caixa que encontra-se na cidade de Ji-Paraná no estado do Rondônia.

Mega Sena concurso 1889 - Resultado - 24-12-2016

Mega Sena 1888             Mega Sena 1890
MEGA SENA 1889
16 - 23 - 25 - 28 - 30 - 44
CONCURSO 1889  DATA 24/12/2016               
Faixa                Ganhadores        Prêmio (R$)
Sena              0                   0,00                   
Quina            49               
   28.397,25           
Quadra          3.138             633,46                
            ACUMULOU!
Arrecadação Total R$: 24.134.523,00
Prêmio estimado R$ 225.000.000,00 - para ser sorteado no próximo Sábado 31/12/2016.

Resultado completo da Mega Sena 1889, o sorteio ocorre na noite deste sábado, 24 de dezembro de 2016 no Caminhão da Sorteio da Caixa que encontra-se na cidade de Ji-Paraná no estado de Rondônia.

Nenhum apostador conseguiu acertar as seis dezenas que foram sorteadas. 16 - 23 - 25 - 28 - 30 - 44. Nenhuma aposta acertou as seis dezenas que foram sorteadas neste concurso e com isso a premiação estimada para o concurso 1890 a Mega Sena da Virada é estimado em mais de R$ 225 milhões.

Já com cinco acertos um total de 49 apostadores acertaram e vão receber cada um, a quantia de R$ 28.397,25 (vinte e oito mil, trezentos e noventa e sete reais e vinte e cinco centavos). Com quatro acertos, 3.138 apostadores receberão cada R$ 633,46 (seiscentos e trinta e três reais e quarenta e seis centavos).

Este concurso teve uma arrecadação de R$ 24.134.523,00 (vinte e quatro milhões, cento e trinta e quatro mil, quinhentos e vinte e três reais).

O próximo sorteio será realizado no sábado (31), e vai pagar ao acertador das seis dezenas uma premiação superior a mais de R$ 225 milhões.
Mega Sena 1889

As manchetes dos jornais deste sábado, 24 de dezembro 2016



JORNAIS DO PIAUÍ
Meio Norte-Teresina
Dias se reúne com líderes sindicais para acordo sobre PEC
O Dia-THE
Véspera de Natal: comércio funciona até às 18 horas de hoje

NORDESTE

O Estado do Maranhão
Governo incha folha com aliados do PCdoB
O Imparcial-SL
Concurso do IBGE com 82 mil vagas em 2017
Jornal do Commércio-PE
Juro de cartão bate novo recorde
O Povo-CE
Natal- Sempre é tempo de recomeços
A Tarde-BA
Valor do IPTU de 2017 será sem correção da inflação
Correio da Paraíba
Ainda sofremos muit com juros


BRASIL
O Estado de S.Paulo
Natal da crise faz comércio antecipar promoções
Folha de S.Paulo
Cartão de crédito tem juro recorde de 492%
O Globo-Rio
Meireles: Rio não terá ajuda sem contrapartida
Zero Hora-RS
Derrota da PEC nos Poderes obriga Piratini a rever tática
Correio Braziliense
Uma festa para todos
Extra-Rio
Servidor só conta com a solidariedade no Natal
Valor Econômico
Medida Provisória que permite saques do FGTS de contas inativas é publicada
Estado de Minas
Juro recorde no Natal da crise

Elesbonense Zé de Jesus, subtenente do Exército participa de missão no Haiti e traça realidade do país: "povo sofrido"

José de Jesus, subtenente do 2º BEC fala ao Painel Popular
O elesbonense José de Jesus Rodrigues Oliveira, subtenente do Exército- 2º BEC sediado em Teresina-PI esteve muito recentemente participando de uma missão de paz no Haiti. Em entrevista ao Painel Popular/FM Eldorado, José de Jesus com mais de 20 anos de experiência no Exército disse que encarou o desafio que durou cinco meses como um aprendizado, visto que ainda não havia participado de missões dessa envergadura.

- A gente conviveu com o povo haitiano, bastante sofrido, tanto pelas condições sociais e até naturais já que é uma área muito propícia a terremotos, furacões e enchentes, têm ainda a questão da miséria, já que 95% da população vive abaixo da linha da pobreza. Tivemos essa oportunidade de participar com o intuito de melhorar a qualidade de vida daquele povo. Lá, durante nossa estadia perfuramos 3 poços, pode parecer pouco, mas as dificuldades são enormes.

Além da perfuração dos poços artesianos, Zé de Jesus disse que foram desobstruídas muitas vias. Ele relatou que houve a passagem de um furacão, em razão disso, o Exército teve que atender muita gente, bem como procurar por desaparecidos e distribuir mantimentos enviados por ONG´s.

O subtenente informou que durante a missão foi registrada a perda de um companheiro que trabalhava em prol da população haitiana. Zé de Jesus destaca que a partir do que viu no Haiti, os brasileiro precisam valorizar o que possuem.

- Muita coisa que para nós brasileiros é normal, lá no Haiti falta, por exemplo- água, muito difícil o acesso, devido principalmente a poluição, saneamento básico não tem 2% de cobertura em toda a capital que é Porto Príncipe; energia elétrica é cara e poucas pessoas podem pagar.

Segundo Zé de Jesus, a linha de pobreza no Haiti é fora do normal, não dando para comparar em hipótese alguma com qualquer comunidade no Brasil, haja vista que lá está bem abaixo de todos os níveis sociais em nosso país.

No campo pessoal, levando em conta a missão que integrou, Zé de Jesus disse que vale a pena procurar melhorar a condição de vida da população no Brasil ou em qualquer outra parte do mundo. Ele conta que se sentiu satisfeito e com sensação de dever cumprido, visto que conseguiu ajudar direta e indiretamente as pessoas haitianas, na sua concepção muito acolhedoras.

- Foi uma forma de aprendizado de outras culturas. Lá a gente conviveu com gente dos Estados Unidos, Filipinas, Guatemala, Paraguai, Chile, Nepal, enfim, a gente consegue assimilar cultura e vê que cada um tem suas idiossincrasias. Apesar de todas as dificuldades que o povo atravessa, os haitianos são alegres, víamos isso quando as crianças iam para escola. Outro detalhe bem importante, não ouvir falar em assalto, assassinato, roubo ou assalto a mão armada, um aspecto bem positivo no Haiti.

A economia do Haiti está comprometida em razão das últimas catástrofes registradas no país, que também teve desgastada em face de fenômenos como terremotos praticamente toda sua vegetação, dessa forma raramente é encontrada uma árvore em toda a extensão territorial do país.

José de Jesus encerra comentando como recebeu a empreitada de compor a equipe do Exército que rumou ao Haiti. Ele disse que em princípio, apesar de participar de missões a 12 anos, ficou preocupado por se tratar de um lugar que não conhecia. O subtenente fala também como foi o contato com a famílias nos mais de 150 dias longe de casa.

- A gente tem medo do desconhecido, ao mesmo tempo precisamos vencê-lo. Lá no Haiti temos um sistema de internet muito bom e isso facilitou o contato com a família. Temos também os dias de dispensa, que a gente podia ter vindo ao Brasil, mas eu não tive essa oportunidade. Em princípio a gente retornaria somente em fevereiro, mas foi antecipado.

O contingente o qual o subtenente José de Jesus compôs foi o 24º, que contou com a participação de 4 piauienses, no momento já opera o 25º contingente com 9 integrantes do 2º BEC.

Por José Loiola Neto
PLANTÃO PERMANENTE: Notícias em Elesbão Veloso nesse fim de semana. Sábado(24) e domingo, 25 de dezembro 2016

PLANTÃO PERMANENTE: Notícias em Elesbão Veloso nesse fim de semana. Sábado(24) e domingo, 25 de dezembro 2016

Por José Loiola Neto, da redação Eldorado FM

VENDAS
Perspectiva para grande movimentação no centro de Elesbão Veloso neste sábado, véspera de Natal. Comércio deve reaquecer vendas, poucas, por sinal, se comparado a anos anteriores.

CEIA
Véspera de Natal. Famílias se reúnem para Ceia Natalina. Em Elesbão Veloso, alguns filhos ausentes marcam presença.

MISSA DE NATAL
Logo mais à noite, na Matriz, a tradicional missa natalina para celebrar a Ceia do Senhor, pelo Padre Miguel Junior.

DADOS DO STR-EV EM 2016
Em 2016, 155 processos com pedidos de aposentadoria foram protocolados junto ao Sindicato Rural com pedido de aposentadoria, destes, apenas 13 foram indeferidos.
- 87 solicitações de Auxílio Doença-AD, desses, 66 ganharam o benefício.
- Salário Maternidade- 85, somente 7 foram indeferidos.

DE PARABÉNS!
A comunidade Santa Clara, importante bairro de Elesbão Veloso está de parabéns por manter vivo a cultura, por meio do Grupo Reflexo do Amanhã. A líder comunitária Chagas Vieira tem importante participação no projeto. Merecem referências também, Cileno Alves e José Cláudio.

NIVER DA SPAZZIO
Muito próxima, a festa comemorativa de 1º aniversário da casa de shows Spazzio, quinta, dia 29/12 com três atrações- Iohannes, Toca do Vale e Banda Montagem.

MISSA
Acontece dia 30/12, sexta, na Matriz de Santa Teresinha, a missa em ação de graças dos eleitos em Elesbão.

POSSE
Amplamente divulgado nos últimos dias, o ato de posse de eleitos em Elesbão Veloso, marcado para 1º de janeiro, no Clube Recreativo. Após a solenidade, festa com as bandas Fred e Só Sakana e Pegada Pra Moer.

MARCO
Segunda passada(19/12) João de Castro, atual juiz de Elesbão Veloso completou 19 anos de magistratura. Castro, a frente da Comarca local desde abril de 2008, é natural da vizinha Valença do Piauí.

COLADINHO
A sexta foi de apresentação de Paulynho Paixão, o "Rei do Coladinho", no Balneário Pinto, no Belamento. Festa foi até por volta das 7h da manhã deste sábado.

LAZER
Domingo de Natal, o balneário Besouro na Sambaiba apresenta manhã e tarde alegre com música ao vivo para os elesbonenses. Entrada, preço único- R$ 5,00.

SEM PROBLEMAS
Noite de Natal tranquila em Elesbão. Não houve registros de acidentes ou incidentes, conforme levantado por nossa reportagem.

FINAL
Dia de decisão no campeonato de futebol da localidade Alto. Logo mais teremos o confronto entre Rua do Fio x Moto Táxi, que chegam a terceira final seguida. Jogo será uma espécie de tira-teima.

COMPRAS
Intensa movimentação no comércio nesta sábado, véspera de Natal.

NORMALIDADE
Ao contrário de outros finais de semana, não faltou dinheiro nos terminais de auto-atendimento do Banco do Brasil local.

GRANA
Prossegue nesta segunda, por meio da rede bancária, o último pagamento do ano para aposentados e pensionistas do INSS. Recebem quem ganha um salário mínimo, que possuem cartão com terminação 2.

SUCESSO
Tradicional seresta do Miguelzinho e Momoia, realizada noite passada, no Galpão da Getel na Rua do Fio foi sucesso, a exemplo de anos anteriores.

VISITAS
Expectativa da chegada de mais elesbonenses esta semana, agora para as festas de final de ano.

CASAMENTOS E BATIZADOS
Igreja católica registra bom número de casamentos e batizados nesse final de 2016.

MARCO
Padre Miguel Jr próximo de completar dois anos frente a matriz de Santa Teresinha, padroeira de Elesbão Veloso.

Francinopolitano Paulo Júnior fala sobre vida no futebol dos EUA, lembra passagem pela Piçarra e faz referência a Elesbão Veloso: "minha casa"

Paulo Júnior fala a Eldorado FM
 Ao participar do jogo dos Amigos x Flamenguistas, promovido por Rêmulo Brandão, semana passada(sábado 17.12.2016), na AABB de Elesbão Veloso, o meia-atacante Paulo Júnior, 27 anos(23/01/1989) natural de Francinópolis-PI, atualmente defendendo o Fort Lauderdale Strikers, dos Estados Unidos(time de Ronaldinho Fenômeno) falou com a reportagem do Painel Popular/Fm Eldorado e comentou temas relacionados a sua carreira enquanto jogador profissional.

Começou relembrando o princípio da trajetória futebolística.
- Comecei em São Paulo na Trafic Junior´s, depois fui para o São Bento de Sorocaba, tive uma passagem pelo Ituano, onde cheguei a disputar o Brasileiro da Série C, disputei também o Campeonato Paulista. Depois tive a oportunidade de ir para o futebol dos Estados Unidos para jogar pelo Miami FC. Em 2014 tive uma passagem pelo Náutico-PE, onde fiquei apenas 5 meses, em seguida fui para o Canadá, onde fiquei por um ano e meio, e agora estou no Strikers, time do Ronaldinho Fenômeno.

Paulo Junior analisa a atual fase na carreira e a desenvoltura dos Strikers na Liga Norte Americana. 
- Estou bem graças a Deus. O time infelizmente não classificou para a fase final, mas fizemos um bom campeonato, terminamos em quinto. Não era isso que a gente queria, queríamos pelo menos chegar nos playoffs, que é na verdade as semifinais, nosso foco era esse, não deu; o campeão foi o New York Cosmos, time pelo qual já jogou Pelé.
Paulo Jr comemora gol pelo Strikers

O atleta fala dos projetos para 2017
- Tenho ainda um ano de contrato com o Strikers, meu empresário está conversando com o clube, não temos nada acertado, temos contrato mas falta reajuste que estão sendo discutidos, é cedo para falar, tô aguardando meu empresário definir tudo, depois entraremos em detalhes e saberemos o que acontecerá em 2017.

Sobre a possibilidade de voltar ao Brasil, Paulo Junior disse que pensa, mas é algo para o futuro.
- No momento estou bem nos EUA, prefiro terminar meu contrato e dá continuidade a minha carreira pelos Strikers.

Paulo Jr em jogo nos EUA

Paulo Junior não esqueceu o período em que foi jogador de futebol amador e recordou sua passagem pelo time da Piçarra em Elesbão Veloso.
- Chego a me arrepiar e fico feliz de sempre voltar aqui. Elesbão Veloso é como se fosse minha cidade. Sou de Francinópolis mas joguei muito tempo aqui em Elesbão, onde tenho muitos amigos, aqui me sinto em casa.

O jogador encerrou deixando uma mensagem aqueles jovens que desejam um dia ser um atleta profissional. 
- Primeiramente tem que estudar, nunca abrir mão dos estudos, pois sem estudos você não é nada, estudo em primeiro lugar, se dedicar o máximo, e ter foco, porque o sonho vem através daquilo que você foca, saber aquilo que você quer e correr atrás.

Por José Loiola Neto

Deputado João Madison sobre minirreforma de Wellington enviada à Alepi: "não vamos votar a toque de caixa"

Deputado Estadual João Madison Nogueira na reunião do STTR-EV.
Em Elesbão Veloso, semana passada, quando participou da última reunião de 2016 no Sindical Rural, o deputado estadual João Madison Nogueira, líder do PMDB na Assembleia Legislativa do Piauí- Alepi focou entre outros assuntos a respeito da minirreforma proposta pelo governador Welligton Dias(PT) e encaminhada a ALEPI para apreciação e votação.

O parlamentar acha interessante a proposta ser votada apenas no próximo ano depois de exaustiva discussão, na medida em que existem medidas que interferem diretamente na vida do servidor público, uma delas, o aumento da contribuição do Iapep Saúde, que saltaria dos atuais 10 para 14%. João Madison ressaltou que a Casa precisa ter cautela quanto a votação da matéria.

- Precisamos saber se existem condições do funcionário que já ganha pouco ter que pagar mais. Não iremos votar a toque de caixa.

João Madison lembrou que foi deputado eleito pela oposição e que vota muitas vezes os projetos que são de interesses do Estado, mas entende que há casos em que precisa ter voz ativa pra apontar erros também.

- Disse ao próprio governador que a reforma que ele propõe precisa ser vista diferentemente e que ela venha de encontro aos interesses dos servidores públicos porque ela mexe com interesses de famílias.

João Madison encerrou dizendo que poderá votar outras medidas que ajudem o governo a sair da crise desde que não afete diretamente aqueles que precisam e que retiram de seus contracheques muitos direitos, que no demais das vezes não são revertidos para o bem estar da comunidade.

Por José Loiola Neto

Prefeito Ronaldo Barbosa comenta reforma da previdência e diz que não apoiará em 2018 candidatos que forem contrários aos direitos dos trabalhadores.

Prefeito Ronaldo Barbosa durante reunião no Sindicato Rural.
Perante cerca de 1.200 pessoas presentes à última reunião do ano no Sindicato Rural de Elesbão Veloso, sábado passado(17/12), o prefeito municipal, Ronaldo Barbosa comentou sobre a reforma da previdência, e informou que não apoiará em hipótese alguma qualquer político que venha ser contrário aos direitos conquistados pelos trabalhadores.

- Daqui a dois anos, teremos eleições para presidente da república, deputado federal, senador, governador e deputado estadual, como prefeito evidentemente iremos participar do processo político, e não apoiaremos nenhum candidato a deputado federal, estadual ou senador que contrariem os interesses da classe trabalhadora.

Ronaldo Barbosa prometeu acompanhar passo a passo a posição de cada deputado e senador que integram a bancada piauiense no Congresso. Segundo ele, é inadmissível, que num país como o Brasil, que possui cerca de 12 milhões de aposentados rurais, que recebe R$ 880,00 venha a pagar a conta de maneira mais grotesca do que quem ganha mais.

- São milhares e milhares de aposentados no Brasil que recebem até R$ 100 ou 200 mil de aposentadoria ou pensão, o dinheiro recebido por eles dá pra pagar 200 trabalhadores rurais.

O prefeito destaca que a reforma da previdência deve existir e deve começar por aqueles aposentados e pensionistas que recebem salários astronômicos. Para Ronaldo Barbosa, não justifica, um trabalhador rural em um município pobre como Elesbão Veloso, que está desde 2010 convivendo com a seca e alta inflação ter que pagar mais ainda. Por outro lado, ele ressalta que se for para ter aposentadoria rural com 65 anos, dificilmente a população resistirá.

- Hoje, muitos aposentados estão ainda vivos com 65 anos ou pouco mais por conta de terem melhorado sua renda para por meio do seu salário comprar seus medicamentos e alimentação adequada que seu organismo precisa, já que o Poder Público não tem condição de fornecer todo remédio de pressão ou diabetes, que atacam todos nós quando chegamos a essa idade.

Por José Loiola Neto.

Presidente do Polo Sindical da Microrregião Valenciana, Maria Joaquina chama a atenção para importância da contribuição sindical.

Maria Joaquina: figura atuante no movimento sindical
Durante a última reunião de 2016 no Sindicato dos Trabalhadores(as) Rurais, Agricultores(as) Familiares de Elesbão VelosoSTTRAF-EV, sábado passado(17/12), a presidente do polo sindical da Microrregião Valenciana, Maria Joaquina, de Francinópolis-PI chamou a atenção da classe trabalhadora rural quanto à importância da Contribuição Sindical Anual, documento que ampara o trabalhador no ato do requerimento de benefícios junto ao Instituto Nacional da Seguridade Social-INSS, visto que é uma comprovação de de atividade rural.

- Muitas vezes, no momento que se dá entrada no pedido de benefício, o INSS se recusa a receber uma ficha da Secretaria de Saúde ou de acompanhamento de um Agente de Saúde. O guia de pagamento da contribuição sindical anual serve como prova de atividade rural.

Joaquina reclamou que no ato da compra de insumos agrícolas ou ferramentas utilizadas no campo como enxada, machado e foice, o comércio deveria fornecer nota fiscal, no entanto grande parte de representantes do setor se negam a fornecer o documento, dificultando a vida do trabalhador rural. Ela lembrou que todos os trabalhares rurais são obrigados a pagar a contribuição, uma vez por ano.

- É um documento que tem validade anual, a partir dele o trabalhador rural passa a se organizar.

Joaquina ressaltou que a contribuição é feita on-line, diretamente no sistema da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura- Contag, podendo ser paga no Banco do Brasil ou Caixa Econômica. A nota tem validade como prova de atividade rural, podendo ser retirada nos STR's e paga até 30 de dezembro de cada ano. (Por José Loiola Neto)